06/06/2017

06/06/2017

[Resenha] A Mascara do Rei - Francine Cândido.

| |
Título: A Máscara do Rei
Idioma:  Português

Gênero: Fantasia
Ano: 2016

Tipo de capa: Brochura
Páginas: 268

Edição: 1
Autor: Francine Cândido

Formato: Médio 
Editora: Arwen



A resenha de hoje será do livro da parceira aqui do blog, Francine Cândido. É um livro narrado por alguns personagens criados não para se parecerem perfeitos, mas que se aparentam realmente com suas realidades. Os mesmos se mantém firmes e não estão de forma confusa na narrativa.

O Rei Svern Vaecaesin encontra-se desesperado por sua esposa Cassandra, que em idade avançada, ainda não ter tido um herdeiro homem para ocupar o trono. Ali se encontrava ela, deitada e em trabalho de parto. A criança em posição errada lutava para sair e o rei muito supersticioso culpava os maus espíritos. 

Naquele momento de ultima esperança uma vida se iniciava, o príncipe de Darastrix vinha ao mundo. Passaram-se anos e o jovem Eldon Vaecaesin fora posto em treinamento. O jovem foi criado pelo Padre Mayer já que seu pai se tornara ambicioso por guerra após perder a amada esposa e ser obrigado a casar com Sarene, uma mulher traiçoeira. 

A única visão do rei era deixar alguém tão poderoso quanto ele para governar e guerrear contra os Vutham, um reino rival. 

O livro tem um toque medieval, algo novo para mim, a presença da igreja também é um elemento fortíssimo na narrativa e foram os pensamentos insanos dos personagens o que me chamou atenção. Darastrix fora traído, Svern fora traído por alguém de sua confiança e não lhe restava opção a não ser ir a luta. 

Eldon passa a ter visões de guerra, das lutas em si e que fora inevitável para o desencadeamento dela. 

"Rei Svern Vaecaesin, venho através deste bilhete escrito às pressas para lhe dizer que nós, os vutham, estaremos em marcha daqui a dois dias em direção à cidade de Darastrix. Considere isso um aviso de guerra." 

O que me incomodou um pouco é por se tratar de um livro que se passa na época medieval e ter uma linguagem atual. Em contrapartida fiquei admirado com trechos mais ousados que a autora quis transmitir. Por esse motivo senti esse equilíbrio na narrativa. 

"Surgia uma formidável nação, conduzida por um menino, que virou Rei, para somente então se tornar homem."

É uma ótima indicação aos leitores fascinados por livros de guerras, traições e que demonstram fielmente a realidade humana. A mascara do Rei está posto de forma introdutória para a narrativa e que pretende ser explicada num novo livro. 


 A autora
Francine Cândido tem vinte e três anos, nasceu em Balneário Camboriú/ SC. Escreve desde os quinze anos e sente que encontra nas histórias uma estrada para se viver novas vidas. Tem como recente obra, A Máscara do Rei que foi publicada em 19 de julho de 2016 e teve seu lançamento no dia 27 de agosto na Bienal de SP pela Editora Arwen. Também está participando da antologia Demontale com cinco contos de sua autoria. Recentemente concluiu um novo trabalho intitulado A Dama dos Loucos.   

9 comentários:

  1. Oi,
    Ainda não conhecia o livro e nem a autora.
    Eu adoro livros de fantasia. Fiquei muito interessada em ler o livro e saber mais sobre a história de Eldon Vaecaesin.
    Parabéns por sua resenha bem explicada e sem dar nenhum spoiler.
    Abrçs

    ResponderExcluir
  2. oi tudo bem
    Que livro interessante.
    Apesar de ainda não ter conhecido antes, fiquei curiosa e fiquei com vontade ler.
    Gosto da temática e da premissa, mesmo não sendo meu gênero favorito.
    Gostei da sua resenha e realmente, por mais que a história seja maravilhosa.

    ResponderExcluir
  3. Fiquei com medo de olhas essa capa! Sério, da uma sensação de pânico. Espero que seja só impressão mesmo!

    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Olá! Tem um prêmio para vc ❤ Indiquei seu blog ❤
    https://cadernodalua.com/2017/06/11/indicada-ao-versatile-blogger-award

    Desculpa postar aqui, mas não achei por onde :)

    ResponderExcluir
  5. olá!
    Nossa esse é definitivamente o meu tipo de livro, eu amo fantasia, são os melhores na minha opinião, e fiquei muito interessada nessa história, parece ser ótima.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Até hoje eu só via a capa desse livro, mas ainda não tinha parado para ler sobre ele. Interessante. Belíssima resenha <3

    Também fico incomodada com livros de épocas com linguagem atual :/



    Minha Fuga da Realidade

    ResponderExcluir
  7. Adorei a resenha, o enredo me interessou bastante.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Não conhecia o livro ainda e, confesso que a princípio ele não me chamou muito a atenção. Por isso, deixo a dica passar por enquanto, mas não descarto a possibilidade de lê-lo futuramente.

    Beijos

    ResponderExcluir

Olá!

Agradecemos comentário. Ficamos contentes em tê-lo aqui no blog. Críticas são aceitas, mas qualquer xingamento ou comentários indevidos serão excluídos. Ok? Obrigado!