04/07/2017

04/07/2017

[Papo série/o] Orange is the new black (Season 1)

9 comentários: | |
Orange is the new black, ou apenas OITNB, é uma série original da Netflix baseada em uma autobiografia de Piper Kerman. 

Na série, Piper Chapman (Taylor Schilling), está se entregando ao sistema penitenciário americano após ser indiciada a 15 meses de prisão em Litchfield. Seu crime fora transporte de dinheiro de drogas a favor de uma namorada que na época era a melhor pessoa que Piper conhecera. Criminosa, ex-lésbica e maloqueira. É dessa forma que a protagonista nos é apresentada, mas não se preocupe pois criaremos laços fortes com a mesma.

A sensação de que correria tudo bem, que cumpriria sua pena e logo sairia de lá, é desmanchada assim que a primeira detenta a olha de um jeito estranho, quando passa por uma vingança e quando encontra sua ex, Alex Vause (Laura Prepon), no mesmo presídio. Chapman terá que manter a sanidade, criar seu espaço e como costumam dizer, conquistar seu lugar ao sol.

A série intercala momentos na cadeia com lembranças de Piper, ou de outras detentas, com  seus passados para justificar os mais variados motivos de suas prisões. Cada episódio se aprofunda em uma das companheiras da personagem. Ponto para a série! E as referências? Ah, são as melhores! Chapman está dividida entre Larry Bloom, seu noivo que a aguarda em liberdade, e Alex, que ainda lhe desperta interesses. O que será da vida de Piper agora?

Sugiro que se atentem caso assistam com crianças, pois a linguagem contém palavrões e cenas fortes, digo, muito fortes. 




Existem diversos pontos fortes na série, como a tentativa de uma transexual manter que seus hormônios continuam sendo cedidos pelo governo e a aproximação de uma detenta e um carcereiro e a gravidez da mesma. Trata também de estupros em penitenciarias femininas, transporte e venda de drogas dentro de presídios e diversas consequências. Contudo não devo me esquecer  de mencionar a parte humorística da série. Não é porque estão presas que aquelas mulheres não se divertam, não é mesmo?

Já estou em meados da segunda temporada e não consigo parar de assistir. Os episódios possuem cerca de 60 minutos cada, então faça seu cronograma e maratone essa série também!

Resenha do livro que deu origem a série: https://goo.gl/QmZdej